quarta-feira, 13 de junho de 2012

A Parada Gay de São Paulo encolheu??

É possível ver sendo noticiado em alguns portais de notícia como o Folha.com e o Estadão que a parada gay este ano teve um público muito menor que o de qualquer uma das edições anteriores. O suposto número de 270 mil pessoas representaria um retrocesso aproximado à quantidade de pessoas presentes no ano de 2001, ano em que a estimativa de público feita pela Polícia Militar (que é sempre muito menor que a estimativa da organização - como se pode conferir na wikipedia) registrava 200.000.

No ano de 2007, a Polícia Militar (que no ano anterior havia registrado um público de 2.500.000) deixou de fazer estimativas da quantidade de público e tal medida era realizada pela organização que, neste ano de 2012, resolveu não fazê-la (ou ao menos, resolveu não divulgá-la). A tarefa ficou a cargo do instituto Datafolha, que divulgou o número utilizando uma metodologia dita científica, diferente das que foram utilizadas nas edições anteriores.

Sinceramente? Eu gostaria de saber qual foi a tal "metodologia científica" utilizada. Porque uma queda de 4 milhões para 270 mil é algo realmente notável! E sabe quando a coisa tem cheiro de maracutaia? Porque a notícia vem sempre acompanhada de frases com um discurso que faz um julgamento moral embutido: "Mais comportada esse ano, parada gay atrai menos público" e frases afins.

Sabe o que eu penso disso?  Que temos que prestar atenção num contexto maior: por que razão por todos estes anos estes mesmo veículos noticiaram milhões de pessoas na Parada e justamente neste ano noticiam um contingente tão pequeno? Alguns podem dizer que meu raciocínio é muito próximo de uma teoria conspiratória, mas eu creio que há razões para suspeitar que existe uma articulação de setores conservadores na desqualificação de qualquer que seja a ação dos movimentos LGBTs. Faça o teste: procure parada+gay+2012+são+paulo+público no Google e olhe só o primeiro resultado que você encontra:

Suspeito, não?

Dê uma procurada rápida pelo Google e veja se você encontra alguma notícia que se refira a parada como uma "manifestação" e não como uma "festa"... Justamente num ano em que o tema da parada é bem mais político ("Homofobia tem cura: educação e criminalização"), parece haver uma ação para desviar o foco da cobrança por uma postura política.

O mais triste? Ver opiniões de LGBTs sendo usadas para corroborar estes discursos. Nos sites do Estadão, da Veja e do R7, a opinião da travesti Desire Viana, de 33 anos era de que a parada estava "muito mais pobre, com menos gente, menos carros, menos divulgação". Curioso notar que dois veículos de notícias distintos (e até certo ponto rivais) utilizem exatamente a mesma entrevistada para ilustrar o discurso que constroem em suas reportagens, não?

Será que a APOGLBT continuará acatando o número oficial disponibilizado pelo DataFolha, sem pedir ao menos uma auditoria nos números e na metodologia utilizada? Na minha opinião, é preciso sempre estar atento (e muito crítico) ao que se vê por aí. Os opositores estão à solta!

19 comentários:

  1. Sem entrar no mérito de que, justamente no momento em que mais deveria ser politizada (a versão de 2012 foi por outro lado) essa "estimativa" da Folha deve ter "bebido todas"! Presumo que esqueceram de um zero... 2.7 milhões seria um bom número. Que já seria bem menor que a do ano passado, por n fatores, inclusive os que você citou, fora o mau tempo, as lutas internas na Apoglbt, etc.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com sua opinião sensata...

      beijos, Lucas!

      Excluir
  2. Para ser bem sincero, acho que este número é bem razoável e os anteriores é que foram inflados. Definitivamente não cabem 4 milhões de pessoas naquele espaço, nem se a Parada durasse 24 horas em ritmo de correria. Se fossem 27 pessoas já seria algo relevante, mas a organização pirou nessa de bater recordes e começou a chutar uns números astronômicos, trocou qualidade por quantidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não posso discordar mais de vc, DPNN!!! Como eu disse no texto, em 2006 a polícia militar estimou 2,5 milhões de pessoas nesse evento. Neste mesmo ano, o Guiness Book fez a sua medição e constatou esse mesmo número, registrando a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo como a maior do mundo. Neste mesmo ano, a organização estimou um número de 3 milhões de pessoa. Estou usando este ano de 2006 porque foi o último ano em que houve medições oficiais que não foram feitas unicamente pela organização.

      Considerando isso, seria preciso dizer que a parada deste ano teve um público DEZ VEZES MENOR que o público de 2006. E, pelas fotos que foram divulgadas na mídia, não dá pra dizer que isso aconteceu. A não ser que, é claro, vc duvide da medição da PM e do Guiness Book (uma das medições com critérios feita por uma entidade das mais respeitadas de todo o planeta) e ache que eles estão juntos com a organização nessa empreitada.

      Além do mais, dizer que a organização infla números de má fé é uma insanidade. Os números da organização nem são tão distantes da estimativa oficial feita pela polícia militar, por exemplo (o que é super natural, quando se trata de estimativas). Dizer que a organização da parada (e também a PM até o ano de 2006 e o Guinnes) inflaram a estimativa em DEZ VEZES o valor real calculado pelo infalível instituto Data Folha é valorizar demais a confiabilidade no Data Folha, pra dizer o que soaria menos agressivo...

      Whatever, é preciso criticidade!

      Excluir
  3. Claro q esta história de 3, 4, 5 milhões é ridículo mas esta história agora de 270 mil é mais ridícula ainda ... das 16 edições da parada eu participei de umas 11 e a presença de público no evento, contando participantes ativos e público assistente sempre esteve acima do 1 milhão ... isto é mais q óbvio, não precisa de nenhuma técnica para medir ... é uma questão de percepção ... vc conta qtos tem ao seu redor no espaço de 1 metro quadrado e multiplica ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, concordo completamente. Mas me explica esse lance de "contado participante ativos"... As passivas ficam de fora?? Huahauahauhauaha

      Beijos!

      Excluir
  4. Olá, queridão. Primeiro de tudo, um 'obrigadaço'. O seu comentário a respeito do fechamento do blog refletiu uma análise importante e me fez repensar. Não fecharei o blog e o deixarei lá para quando for interessante postar algo, mas sem o compromisso que eu sentia antes de publicar diariamente. Isso realmente me cansou.
    Em contrapartida, o Dentro e Fora do Armário tem me proporcionado momentos de gargalhadas impressionantes. Como rio sozinho com aquilo. É muito bacana fazer algo assim.
    Quanto à Parada, sinto que, embora ela vinha crescendo em termos de quantidade, a qualidade não evolui na mesma proporção. Sei que o objetivo maior é a união alegre de muitas pessoas; mostrar que isso faz diferença aos diferentes. Por outro lado, a sensação de ser uma grande festa é igual a cada ano. Parece que não há progresso no tocante à finalidade e os objetivos dos LGBT. Durante todos esses anos que acompanhei, nada ficou melhor ou pior nesse aspecto. Creio que o momento de aproveitar a grande festa para buscar algo mais aproveitável à população gay inclusive decaiu por causa desse desinteresse que vem acontecendo.
    Beijaum e, mais uma vez, obrigado pela força, inclusive demonstrada na visita ao novo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Junnior, eu até entendo o que vc disse. Realmente a parada este ano estava menor e isso nem a organização teve opinião contrária (não dentro do número que o Data Folha divulgou, claro). Eu só não entendo como seria possível aproveitar melhor a parada...

      Beijos!

      Excluir
  5. gente, a parada de BH é muito menor, a de Natal é menor ainda, e os números giram em torno de 200-300 mil pessoas, em SP é impossível um número tão pequeno se simplesmente todos os hotéis da cidade estão lotados de gays para participar da parada. e eu concordo com sua análise, existe uma tentativa de minimizar a parada porque se tenta retirar ela da Av. Paulista e também se tenta despolitiza-la, como muitos blogs gays também o fazem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Foxx... É uma situação pra rir, só pode...

      Excluir
  6. Oi... então, eu tava lendo essas notícias que a participação diminuiu muito. Mas, tanto assim? Achei tão estranho. Mesmo por aqui praticamente não noticiaram nada. Foi como algo que não aconteceu. E os noticiários das TV's a cabo daqui costumam noticiar tudo! Sei lá...

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cesinha, isso é boicote, com certeza! Só o fato da maior parada gay do mundo ter diminuido tanto quantos esses números sugerem já seria uma notícia, não?

      beijos!

      Excluir
  7. Mesmo no Brasil as notícias não foram lá muito grandes e quando aconteceram, foram como o CC disse.... menosprezadas. É preciso averiguar... a "manifestação," e não a festa deve ter prioridade.
    Abraços querido.

    ResponderExcluir
  8. pode ser que que exista este complô que você se refere, mas uma coisa eu sei, houve um certo exagero alguns anos atrás com relação aos números da parada. na verdade, seria impossivel caber tanta gente.
    e no brasil as notícias SEMPRE foram tendenciosas!
    mas enfim, o que eu achei este ano foi que houve pouca divulgação como existia antigamente. a globo por exemplo anda dando mais atenção as marchas para Jesus (credo!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serginho eu sei que seu comentário não tem a mesma carga do comentário do DPNN acima, mas não sei se é impossível caber toda essa gente lá... Whatever, numa coisa concordamos: notícia tendenciosa no Brasil é mato...

      Beijos!

      Excluir
  9. não sei se você leu aqui quando falei ano passado sobre a parada de sp comparando com nova iorque. acho que aqui no brasil se devia pensar menos em números e mais em qualidade, em fazer uma coisa menos 'festa' e mais 'engajamento e ativismo'. devia-se aproveitar melhor a oportunidade para chamar a atenção para o que se quer conquistar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. railer, eu vi esse seu post e comentei lá no fim dele, faz tempo... Vc notou?

      Além disso, eu gostaria de entender como seria possível ter mais engajamento e ativismo numa Parada...

      Abraços!

      Excluir
  10. Pessoal, responderei a todos em breve! ^^

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails