sexta-feira, 8 de junho de 2012

A gente sabe que é amor quando... V (+ porque amo Aju)



No ano de 2002 eu namorava uma menina (a "Amiga Cigana") cuja família se mudou pra Aracaju quando nós tínhamos apenas 8 meses de namoro. Vivemos durante um tempo um namoro à distância e, neste contexto, fui visitá-la em Aju durante minhas férias. Fiquei na cidade apenas duas semanas, mas foi o suficiente para me apaixonar.


Poucas são as cidades em que eu me senti "em casa" ao ponto de pensar que poderia ser um bom lugar para se morar. E Aju me conquistou fácil, não só pela beleza natural do lugar, pela cordialidade das pessoas e pela infraestrutura da cidade em relação a transporte, por exemplo, mas principalmente pelo clima que muito me agrada (eu já disse que odeio frio? rs). Toda vez que o inverno chega, eu sonho em me mudar para Aracaju. Além disso, é uma cidade que tem praias (que nunca foi uma coisa que me apeteceu tanto, mas também não me faz desgostar da cidade e pode ser considerado um acréscimo), tem matas e cachoeiras em cidades próximas de fácil acesso (isso sim me agrada muito), não tem uma população muito grande nem muito pequena, tem o melhor de uma capital, mas com "ares" mais tranquilos e nada violentos. Como se isso não bastasse, lá eu tenho amigos (parentes da minha ex) que com certeza poderiam me ajudar, caso eu precisasse nos momentos iniciais de uma possível mudança para lá.


Com todas essas vantagens, morar em Aju tornou-se, para mim, um sonho que eu pretendia realizar assim que eu formasse, mas que vai ficando cada vez mais para depois...


Assim que eu me formei na graduação (que era o que me prendia em Belo Horizonte), descobri que faltavam dois dias para encerrar as inscrições de um concurso público para Aracaju, cujo salário e o número de vagas estava convidativo (nada acima do normal, mas bem possível). Fui todo empolgado dizer para o Maridão sobre a minha intenção em fazer tal concurso:

Cara Comum: Por um acaso você já pensou em morar em Aracaju?
Maridão: Por que você está perguntando isso?
Cara Comum: É que vai ter um concurso público pra lá e...
Maridão: Você está querendo mudar para lá? Deus me livre!
Cara Comum: Mas...
Maridão: Nem pense! A gente tem a nossa casa aqui, eu vou ficar longe dos meus amigos, contatos profissionais, família... Quando eu tiver que visitar minha família na minha cidade natal vai ficar impossível, já que eu morro de medo de avião e não estou disposto a fazer 28 horas de viagem num ônibus. E, para minha profissão, é uma cidade que eu não sei se oferece boas oportunidades. Além de que a gente tem ótimos vizinhos e você sabe o quanto eu gosto de morar nesse condomínio...
Cara Comum: Sim, mas acontece que esse concurso...
Maridão: Não, não, não! Nem pensar! Você já fez três concursos esse ano, já passou em dois, mês que vem tem prova do quarto concurso... Calma, que eles vão te chamar. Não desespera por dinheiro não. A gente vai levando até te chamarem nos que você passou e aí a coisa se resolve. Não adianta querer tudo. Vamos ficar por aqui mesmo que evita complicações desnecessárias. Não precisa fazer todo concurso que aparecer, ainda mais se for pra ter que mudar pra um lugar tão longe e que vai dar tanto trabalho pra gente reorganizar a nossa vida inteira...
Cara Comum (meio contrariado, mas percebendo que o Maridão estava irredutível): Tá, mas nem era só pelo dinheiro...
Maridão (com tom de quem finaliza a conversa): Não, amor. Não...
Cara Comum: Ok...

8 meses depois:

Cara Comum (no telefone com o Foxx): Eu odeio frio e na última semana as madrugadas estão chegando a 12 graus!
Foxx: Pois aqui em Natal está um calor infernal!
Cara Comum: Ai que inveja!
Foxx: Vem pra cá, morar aqui em Natal!
Cara Comum: Bom, eu até gosto de BH. Mas se fosse pra mudar daqui, eu queria ir para Aracaju. O problema é que eu estou casado e Maridão tem uma raiz profunda cravada nessa terra. Nem se eu tivesse a melhor oportunidade da vida esse homem sairia daqui. É um sonho que eu posso esquecer...
Maridão (depois que eu desliguei o telefone): Sem querer, eu ouvi você conversando com seu amigo e eu queria te dizer que você não tem que desistir dos seus planos por mim não. Não quero atrapalharsua vida profissional. Eu me mudaria com você, dependendo da situação...
Cara Comum (com um pouco de ironia): Com certeza! Ainda mais você! Na época que eu queria fazer concurso pra lá você nem quis saber direito de conversa e já foi falando um milhão de motivos porque não sairia de BH...
Maridão: Mas é que mudar daqui é algo complicado...
Cara Comum: Pois é! É exatamente o que eu estou falando! Daí tive que deixar de fazer um concurso em que eu iria ganhar o dobro do que ganho aqui na cidade dos meus sonhos...
Maridão: O DOBRO????
Cara Comum: Sim!
Maridão: Mas porque você não me falou isso??
Cara Comum: Eu tentei, mas você estava tão irredutível que nem deixou eu argumentar as vantagens...
Maridão: E quais são as vantagens que você enxerga em morar em Aju?
Cara Comum (respira fundo e fala tudo que foi dito no início do post): Blá, blá, blá...

Uma semana depois, na hora de dormir, numa das noites mais frias dos últimos meses:

Maridão: A gente podia estar em Aracaju agora, hein??
Cara Comum: ¬¬

*********************************************************************

A gente sabe que é amor quando... se tem a resposta na ponta da língua, mas só respira fundo e vai deitar...

28 comentários:

  1. E o post saiu.

    Entendo o Laly. Entendo seu desejo. Que as coisas caminhem no equilíbrio procês.

    E Aju não é perfeita. Mas é um cidadezinha legal. Eu gosto daqui.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. ahauahauhauaha
    agora vem pra Natal, tow dizendo. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora o homem só fala em Aracaju, Foxx. Uma coisa de cada vez... huahauahuahaua

      Excluir
  3. Lembrei-me de um conto: O pintor e o arquiteto
    e fiquei pensando o preço que se paga por certas escolhas e o que se pode ganhar com elas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é?? Mais ou menos por aí...
      Beijos!

      Excluir
  4. Tô assustado com o layout do blog. Vc foi assaltado? kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tá mais limpinho... hehehehe

      Abração!

      Excluir
  5. Desse jeito dá pra acessar seu blog mesmo sem internet ! kkkk

    ResponderExcluir
  6. rsss... ´=E bem por ai mesmo... Beeeeeeemmm por ai...

    ResponderExcluir
  7. É... faz parte, mas há um dito de um artista que tanto amo (não vou falar o nome para não assustar) que eu levo pra minha vida: "Tenho sonhos e fantasias sexuais. Realizei muitos e muitas. Mas há sonhos e fantasias que eu gosto de guardar na memória. Não porque são impossíveis, mas porque é muito mais gostoso tê-las comigo. Nem tudo devemos realizar. Há coisas que basta ser pensada, refletida, sonhada e desejada. Por isso gosto de ficar assim, no limite onde o certo - ou o que parece certo - funciona."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos Alberto, eu concordo com esse artista aí!!

      Beijos!

      Excluir
  8. Olha, muito amor. Mesmo.

    Eu já tinha quebrado tudo ahauahahau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahuahuahauhaua... Eu quase o fiz...

      Beijos, SEO LINDO!

      Excluir
  9. Fala pro Laly q em AJU ainda tem o AD ...

    kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu sei que tem essa vantagem, né?? Mas se eu falar pro Maridão isso e ele se empolgar demais, o que fazer??? Huahuahauaha

      Beijos!

      Excluir
  10. Você sabe que eu faço parte da "Liga dos Maridos que Sempre Tem Razão", né?! Então... kkkkkk... apesar de que, se a gente pensa em BH (e eu sou daí!) acreditar que é tudo de bom... sei não! Agora, cá entre nós: Aracaju?!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cesinha, eu também sou marido na história, tá?? Huahauhaua

      Beijos!

      Excluir
  11. Cadê as respostas.... pirou leãozinho?...quero minha resposta de volta! Já. Agora!
    HHuummm!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi??? Suas respóstas?? Estão todas aí... Hehehehehehehe

      Beijos!

      Excluir
  12. não sei... às vezes nem sempre ganhar o dobro vale a pena. a gente precisa criar laços maiores. de qualquer forma tem é que pensar a respeito (e muito)
    mas se fosse pra escolher uma cidade do Nordeste pra morar Aracaju é uma excelente escolha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serginho, o lance não é só o dobro de dinheiro. O lance é que eu gosto da cidade (que eu sei que não é perfeita, mas me agrada muito), eu gosto do clima, seria um sonho super legal de ser realizado (se o Maridão quisesse ir junto, claro!)... Enfim, vários motivos!

      Beijos!

      Excluir
  13. "A gente sabe que é amor quando... se tem a resposta na ponta da língua, mas só respira fundo e vai deitar... " - realmente...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails